1000 – “ô moça, posso chupar o teu cu?”

1000 –  Me mudei esse ano pra uma cidadezinha universitária por conta da faculdade, e moro numa rua em que existe uma república masculina de estudantes. Alguns meses atrás rolou uma micareta famosa na cidade, e essa república masculina hospeda pessoas que vem de fora por causa dessa festa. É tradicional os esquentas que as repúblicas fazem no dia, e minha rua acabou lotada de homens. Saí de casa pra ir na padaria e, quando notei todo o movimento exclusivamente masculino, abaixei a cabeça e segui pela rua podendo sentir todos os olhares como se uma peça de bife com pés estivesse passando. Voltando da padaria dois caras começaram as gracinhas verbais, e um chegou ao disparate de dizer “ô moça, posso chupar o teu cu? cê me deixa chupar esse teu cu?” enquanto outros riam por perto. Fiquei absolutamente tão constrangida e puta, que minha primeira vontade foi virar e mandar o babaca ir se foder, mas simplesmente fechei a cara e continuei andando até o meu prédio.