a caminho de casa me senti acuada várias vezes, é sempre assim -1046

1046 – Eu tenho corpo de criança, literalmente: Não tenho peitão nem bundão. Já ouvi muito que tenho carinha de menina de 15 anos. Estava vestida com uma blusa e um short, chinelinho havaiana. Nada “apelativo” ou “provocante” (Se é que isso existe).
Eu estava tranquilamente esperando para atravessar uma rua, quando passou um carro bem devagar. De relance eu vi: quatro homens, e uma garota que parecia ser a namorada de um dos caras. Um dos caras simplesmente colocou a cabeça pra fora da janela e gritou : “Mais que morena, hein, nossa senhora!” Eu fiquei puta, muito puta. Como um cara faz isso ? Automaticamente eu levantei o dedo do meio bem alto pra ele poder ver, e continuei olhando pra frente.
Então, um senhor que estava do meu lado falou: “Nossa, que garota obscena” (Ou algo assim). Eu tive vontade de chorar, sinceramente. Só olhei pro velho com a maior cara de desprezo. Como pode ?
Como o percurso até minha casa é longo, e eu estava sozinha, me senti acuada várias vezes, desejando intensamente chegar em casa. E é sempre assim. Sempre.
Não importa se forem negros, brancos ou indios. Mas se eu passar por um grupinho de homens, eu sinto medo. Me sinto acuada, ameaçada. Quem sabe o que eles podem fazer, ou dizer ?
Eu tenho medo. Tenho NOJO desses homens. Só quero poder andar por aí sem passar por essas situações. É pedir de mais ?