Cantada 062

62 – “Olá! Adorei a proposta da página. Gostaria de compartilhar “minha” história anonimamente porque não foi propriamente comigo, foi com uma amiga. Bom, foi o seguinte:  Quando tinha 15 anos fui visitar duas amigas que tinham 17. Estávamos na casa de uma delas a esperando para sair. Ela ainda perguntou se a roupa estava boa, pois vestia uma blusa sem alças e não tinha certeza se seria uma boa ideia usá-la sem sutiã. Falamos que estava tudo bem, se usasse o sutiã ficaria aparecendo e a blusa era bem estampada, o que disfarçava. Mal saímos na rua e uma viatura policial passou por nós a uma velocidade extremamente baixa. O policial no carona apoiou o braço na janela do carro, pôs a cabeça pra fora e gritou para ela “que peitinho gostoso”, depois saíram rindo. Todas pessoas em volta olhavam para nós, minha amiga estava completamente constrangida e hoje, 10 anos após esse assédio, eu ainda não confio em policiais.”  [Isabel]