Cantada 108

108 –  Eu estava numa festa de rua dançando em um dos trios parados. Comecei a olhar um cara que me olhou de volta. Depois percebi que ele, na verdade, estava com outra menina. Para não arranjar confusão, parei de olhar, mas ele continuou me paquerando. Uma hora ele tentou me agarrar e me beijar. Eu disse NÃO umas três vezes (sei lá onde a namorada estava e se era namorada dele ou se eles só estavam se pegando, era uma festa de rua, as pessoas tavam ali meio amontoadas). Até que ele resolveu agir. Enfiou a mão na minha calça e começou a me masturbar. Eu, por mais que tentasse, não tinha força para tirar a mão dele lá de dentro, apesar de tê-lo xingado várias vezes. Não consegui tirar a mão porque não tive força mesmo, ele era muito forte. Um braço bem musculoso.