Cantada 113

113 – Eu acabei de dar like no cantada de rua, e numa lida rápida que eu dei me identifiquei com várias situações. Já me seguiram quando eu tinha uns dez anos, tava voltando de um amiguinho que morava pertissimo, e um louco me seguiu e eu sai correndo desesperada. Um pedreiro que ficava na minha casa tentou me beijar à força, nunca contei pra minha familia, a culpa seria minha de ter sido simpática, nas baladas ja me puxaram cabelo etc. Não sou uma mulher excepcional para passar por tanta coisa, tenho certeza que todas nós passamos. A pior coisa que me aconteceu foi quando eu era mais nova ainda, o namorado da minha avó me viu vendo tv e abusou de mim lá, e durante um certo tempo. Nunca contei nada, sempre achei que a culpa era minha. To percebendo aos poucos que a culpa não é minha, obrigada por páginas como essa, fazem a diferença =)