Cantada 125

125 –     Uma vez fui a um rodeio com minha prima, a falta de respeito dos caras era nítida, eles pegavam as meninas pelo braço usando de força. Depois de mto gritar com muitos caras que tentavam me segurar eis que chega um e me segura pelos dois braços e tenta me beijar. Não sei se fiz certo ou errado, mas fechei a mão e dei um soco com uma força que eu não sabia que eu tinha, fiquei transtornada, não aceitava que aquele idiota tivesse feito isso. Os amigos dele tentaram defende-lo dizendo que eu era ignorante, e ele me xingava com a mão no rosto. Eu me exaltei mais ainda, e disse pros amigos deles tirarem ele dali antes que eu batesse mais nele… Eles saíram.         O lugar tava cheio, não consegui assistir o show e pra mim a noite tinha acabado, cada idiota que segurava meu braço eu era mais e mais ignorante…         E quando eu achei que não ia acontecer mais nada, um outro idiota fez exatamente a mesma coisa com a minha prima. Não aguentei, segurei pelo braço e outro soco… Outra briga, os mesmos xingamentos e minha prima me pedindo calma.         Eles tiverem a mesma reação saíram…. e eu novamente nervosa tremendo.         Não sei se minha reação foi a melhor do mundo… Mas é minha necessidade me defender, desde o inicio da adolescência eu sempre xingava os caras que mexiam comigo na rua…         Talvez pudesse ter acontecido comigo igual a menina que o cara quebrou o braço dela, mas na hora me senti tão mal que reagi.         Jacqueline