Cantada 133

133 –         Bom , a pouco tempo trabalhava em uma empresa , fui contratada para coordenar uma recepção com 4 garotas , ao entrar fui informada de que teria que ficar de olho nelas , pois o dono da empresa era rico e elas costumavam dar e cima dele . pois bem , fui armada , ao conhecer as meninas constatei que não era nada daquilo , elas alegavam o tempo todo que o Presidente as tratava de forma desrespeitosa . Eu , acreditava não acreditando , pois ele nunca havia feito sequer um comentário que me fizesse pensar assim , até que de uma hora para outra ,ele começou a fazer comentários do tipo ” vc esta diferente” , quando eu entrava ele dizia ” olá dama de negro” coisas sem graça do tipo e eu sempre tentando me desvencilhar com respeito , mas deixando claro que não gostava de tudo aquilo , até que um dia quando fui até sua sala , para arrumar alguns documentos cheguei próximo a sua mesa a pedido dele e ele disse ”cuidado quando se aproximar ,deixo a calça aberta de vez em quando ” , me retirei da sala . passado alguns dias recebi em meu e-mail da empresa um vídeo de conteúdo pornográfico , vindo do e-mail do advogado da empresa as exatas 17:59 , sabia que o suposto advogado não se encontrava na empresa naquele horário , pois eu mesma o avisei do horário de uma audiência marcada , e a unica pessoa que tinha acesso ao e-mail jurídico alem do advogado era o presidente , respondi o e-mail dizendo que não abriria tal conteúdo na empresa e que não havia dado liberdade para que me enviassem tal e-mail ,a perseguição depois disso foi massante , a porta da sala do presidente era acessada somente pela digital , dele , minha e de uma faxineira que trabalhava somente no período da manhã , ele sempre pedia para que eu ficasse até mais tarde na empresa , para no final das contas não falar nada de importante , comecei a ficar com medo pelo fato da porta se trancar por dentro com a ajuda de um controle remoto ,e do som ser abafado , quando fui informada de que a câmera que ficava na porta da sala dele havia sido retirada , ou seja ninguém poderia ver em registro de câmeras que entrava ou saia de sua sala nem em qual horário aconteceu , vi que era hora de sair de lá o mais urgente possível , a gota d’água foi quando eu entrei em sua sala ele estava assistindo pornografia no computador e nem se deu ao trabalho de desligar , quando vi fiquei com raiva, ódio e fui conversar com o chefe de departamento jurídico da empresa que era meu superior , ele me disse que o melhor a fazer era pedir demissão , por que se eu me calasse e fingisse não ver com certeza ele se faria notar e poderia acontecer o pior … e foi o que eu fiz .Este tipo de relato já havia acontecido com varias funcionárias em meu cargo e no cargo de recepcionista , quando me demiti deixei bem claro o motivo a todos , muitos me cumprimentaram positivamente pela atitude que tomei , muitas funcionárias ainda sofrem com isso , várias denuncias já foram feitas porem o nojento não é brasileiro , é grego sendo assim consegue se safar de todas as acusações , por que não pode ser preso aqui no Brasil .