Cantada 149

149 – Oi, não quero que apareça meu nome mas queria contar uma situação muito tensa que passei. Eu dava aulas particulares e sempre pegava onibus num mesmo ponto pra ir até a casa da minha aluna. Um dia estava de vestido, só um pouco acima do joelho, sentada esperando um onibus quando um homem começou a conversar comigo. Primeiro falou do tempo, eu soh respondi que tava calor mesmo, ele sentou do meu lado e falou “nossa, que bonita você é, será que ta de calcinha por baixo desse vestido?” assim mesmo com essas palavras, fiquei sem ação, por sorte meu onibus estava vindo e entrei nele. Ainda olhei pra ver se o idiota subia no mesmo onibus mas não subiu. Fiquei tranquila, desci no ponto que era uns 10 min de caminhada da casa da minha aluna, e mal tinha dado 3 passos o MESMO HOMEM veio do meu lado falando “poxa eu só quero te conhecer” fiquei assustadissima apertei o passo e ele veio atras “me fala onde você mora, é perto daquele ponto da raposo mesmo?” soh consegui responder “Voce ta maluco que eu vou falar onde eu moro pra um estranho? sai pra la” peguei o celular e liguei pra um amigo, ele pareceu sumir, estava contando o acontecido pro meu amigo, tremendo, quando vejo uma moto andando devagar do meu lado e o MESMO IMBECIL gritando pra eu parar, pra sair com ele, pra passar o telefone. Sai correndo, por sorte ja estava proxima do predio da minha aluna e entrei quase chorando de desespero. E o medo de sair do predio depois da aula e o cara ainda estar la? ele viu onde eu entrei, tinha seguido o onibus de moto, poderia fazer qualquer coisa! por sorte a aula foi mais longa que o normal, e quando sai nao tinha ninguem, mas nunca me senti tão insegura, com tanto medo, o que leva alguem a fazer algo assim?