Cantada 199

199 – “Olá pessoal, quero abrir este caso para vocês, pois nunca tive coragem de falar para ninguém na íntegra..  [atenção, descrição de abuso infantil, para quem for sensível ao assunto]  Já tentei sim, por várias vezes falar sobre o assunto com minha família mas como sempre, eles nunca acreditaram, então sempre pensei que eu não tinha voz, e que aquilo, não era nada de mais. Hoje tenho 18 anos e sei que foi um abuso sexual , dos mais nojentos possíveis… O fato foi o seguinte, quando eu tinha por volta de 6 anos de idade, fui morar com a minha mãe, a qual me “deu” para minha avó me criar desde os 3 meses de idade, e claro, como eu já tava criada e bem saudável ela resolveu me pegar de volta. Ela ja tinha se casado com outro cara, esse o qual tinha um cunhado… (Lembro da cara deste verme ate hoje…) No dia do acontecimento, eu tinha ido ao parque de diversões com minha dinda, e como minha mãe estava na casa do cunhado do meu padrasto, pediu para que a dinda me levasse ate lá. Chegando lá, minha mãe como sempre nunca fez questão de saber da minha vida, nem perguntou como estava o passeio, e aí a grande deixa… o Cunhado viu que eu estava super eufórica e cheia de novidades aproveitou isso e me convidou para subir até o seu quarto no segundo piso da sala, e o pior de tudo gente, A MINHA MÃE VIU ELE ME CONVIDANDO E DISSE : VAI LÁ , BRUNA, E ME DÁ UM SOSSEGO. E eu, inocente, FUI! subi até o quarto daquele crápula, e ele já estava com a tv ligada num filme pornô.. e lembro que ele perguntou assim: Tu já viu um desses? e eu respondi que não… nesse meio tempo, ele estava sentado nos pés da cama e me colocou em pé entre as pernas dele, e baixou minhas calças…começou a passar a mão em mim… e colocou minha mão no pênis dele. e eu fechei os olhos e comecei a chorar. e ele perguntou, “o que foi, tá doendo?” e eu disse que não. e ele voltou a falar, ” pára de chorar e não fala nada pra tua mãe, se não vcs duas morrem, pára agora.” Sei que parece coisa de filme, mas aconteceu, bem assim como estou escrevendo. Então nisso, minha mãe chamou pra ir embora. me vesti correndo e desci aquelas escadas em questão de segundos… cheguei na cozinha branca, e só o filho dele percebeu.. hoje eu penso, certo que ele era abusado também.. e esse cara, tinha mais duas filhas, adolescentes na época, lindas e esbeltas… sera que elas tambem sofriam abuso? e esse foi um dos motivos que fizeram a minha mãe e meu padrasto desconfiarem do fato, ele tinha tres filhos, duas meninas e por que ele iria abusar de mim … (?) acontece que ninguém entende a cabeça desses maníacos, certo? Não ta estampado na testa deles que são doentes. Enfim, terminando o caso, no outro dia fomos para lá novamente, só que ele estava trabalhando e só estavam as crianças e a irmã do meu padrasto me casa. Como eu era uma criança, não tinha a minima noção da confusão que isso poderia causar, acabei falando pro sobrinho dele, que tinha a minha idade, esse foi correndo contar para o meu padrasto, que respectivamente, contou para minha mãe, que chegou até a mim , me indagando e já me acusando de estar mentindo… Até hoje, não sei como não fiquei louca depois disso… Minha própria mãe, cara, não acreditou em mim e disse que ele nunca seria capaz de fazer nada nem com uma formiga, queria que tivesse sido com ela pra ela ver…o trauma que isso causa na vida de alguém.. fico revoltada, por que ninguém acreditou , ninguem procurou saber.. e esse cara ta ai solto, podendo fazer maldade a qualquer um, ou uma … hoje eu nem lembro o nome dele, e por tempos essa cena ficou apagada em minha mente, sei la, o por que .. mas depois de tantos anos, isso veio a tona, por que hj eu sou mãe e Deus o livre alguem se aproximar do meu filho com segundas intenções. agora eu lembro, como se fosse ontem.. e como eu queria ver esse homem atrás das grades… Que raiva, que ódio, que revolta! eu era uma criança… inocente.. e depois disso, nunca mais fui a mesma… o tempo passou e eu tento fazer de conta que isso nunca fez parte da minha vida, mas de alguma forma, isso me afeta, por que hoje eu tenho medo de qualquer homem que se aproxime de mim se eu tiver sozinha… será que eu devo me tratar?? Então gente, fiquem atentos a sua volta, as fatos e as pessoas … Pode ter uma criança, um adolescente ou um jovem bem pertinho de vc sendo vítima de abuso, e vc é conivente se ficar calado… Denuncie , mesmo que anonimamente.. não deixe mais vidas serem destruidas por esses monstros!!  Obrigada pelo espaço, me sinto mais leve! Beijos e vamos todos na luta contra o abuso sexual e seus relacionados.”