Cantada 215

215 –         “Queria compartilhar um momento de vitória          Estava indo pro metrô agora mesmo, um cara de uns 30 e poucos anos me COMEU muito com os olhos e sussurrou com um olhar nojento: “Ai, que delícia!”          Eu parei, virei em direção à ele, encarei ele nos olhos e falei de uma forma enérgica e segura: “RESPEITO!!! Se eu fosse sua irmã ou sua filha, você iria gostar?”          Ele abaixou a cabeça e pediu desculpas baixinho, aí eu virei de costas e continuei meu caminho.”