Cantada 310

310 –  “Uma coisa que pude presenciar hoje:  Na lotação em que eu estava para me deslocar a um compromisso, eis que por conta do trânsito andamos um pouco mais lentamente, e passam na calçada três moças em trajes adequados para o intenso calor que fez hoje aqui nas bandas onde vivo. E não é que o cobrador pôs a cabeça pela janela da van e começou a cantar as três??? Até que uma das moças se revoltou e gritou: “Vai pro inferno, seu c**ão!”   E o cobrador, revoltadinho com a resposta que recebeu, ainda gritou, batendo com a mão na lataria do veículo: “O inferno é aqui mesmo, tesão!” O motorista e alguns passageiros caíram na risada, mas eu me senti extremamente incomodado, até porque esse indivíduo ainda teve a pachorra de mexer com outras mulheres no meio, assoviando e falando toda espécie de grosserias… Me senti aliviado quando cheguei no meu destino e desci da lotação…  Acho que hoje, foi a primeira vez que, de fato, pude me colocar no lugar de vocês, que apoiam esta página e todos os dias sofrem coisas até piores… E que, de certa forma, eu não ligava tanta importância, até porque nem eu ou meu único irmão fomos educados a agir desta forma com uma mulher… Mudar a superestrutura social é um trabalho de formiguinha, mas já não podemos deter esta iminente, ainda que lenta, revolução nos usos e costumes… Muito obrigado!”  Adriano