Cantada 478

478 – “E mais uma vez fui chamada de feminista vagabunda. Aconteceu ontem, no facebook mesmo. Sei que o objetivo da página é relatar cantadas de rua, mas vejam bem como é o machismo, o preconceito e a intolerância. Um babacão metido a macho do meu facebook começou a postar coisas em defesa ao ”ilustre senhor” Feliciano. E perguntava, nas postagens, indignado, como podem sujar a imagem e a santidade deste nojento, desse senhor aí. De começo, só li e resolvi não perder meu tempo. Até que ele começou a chamar o Jean Willys de anti-cristo e seus fãs de satânicos. Começou a postar deliberadamente um monte de absurdos e aparecia tudo na minha time-line. Aí ele postou: Fora ditadura-gay, ditadura anti-brancos, ditadura anti-cristo! Quem defende isso aí é tudo viado! Prontamente respondi: Não preciso ser ateia ou anti-cristo pra me importar com os direitos dos homossexuais, também NÃO PRECISO ser negra pra me ofender com uma pessoa racista como esse infeliz. Ele perguntou se eu era cristã. Eu disse que sim, e que justamente por isso e pela educação que eu recebi, eu não preciso julgar o outro, muito menos sair odiando todo mundo. Aí o babaca me chamou de falsa cristã, disse que a minha Bíblia estava empoeirada e que eu deveria ler mais. Respondi que devo ser mesmo uma falsa-cristã, porque o MEU Deus, não quer o meu dinheiro, não odeia as pessoas, não discrimina homossexuais, não é contra o casamento de pessoas do mesmo sexo, não acha que negros são amaldiçoados e não é machista. Que o MEU Deus é feito de amor e a única coisa que Ele quer de mim é o meu coração. Ele disse que eu estava distorcendo a palavra e que torcia para que Deus me iluminasse e me mostrasse a verdade. Caralho, QUE VERDADE? Me vem um babaca se dizendo pastor, fala um monte de merda que pra começo de história não está nem na bíblia, inventa um evangelho juntando partes da Bíblia das quais ele pode tirar vantagem e EU sujo o nome de Deus dizendo que ele ama a todos? Aí eu disse pra ele que torcia para que um dia ele tivesse compaixão com o sofrimento dessas pessoas, e que sentir isso não o tornaria gay ou negro, apenas um ser humano melhor. Aí começaram as ofensas: ”Está dizendo que eu sou um ser humano ruim?” blá blá blá whiskas sachê. Terminei com um: Não preciso de opiniões de alguém racista, homofóbico e MACHISTA, estarei te excluindo do meu facebook agora. E ele terminou com um clássico: EXCLUI MESMO, FEMINAZI VAGABUNDA. Poderia ter ignorado? Sim… ”  “Primeiro, os nazistas vieram buscar os comunistas, mas, como eu não era comunista, eu me calei.  Depois, vieram buscar os judeus, mas, como eu não era judeu, eu não protestei.  Então, vieram buscar os sindicalistas, mas, como eu não era sindicalista, eu me calei.  Depois, eles vieram buscar os homossexuais, como eu era heterossexual, eu me calei. Então, eles vieram buscar os católicos e, como eu era protestante, eu também me calei.  Então, quando vieram me buscar… Já não restava ninguém para protestar.”