Cantada 482

482 – “Vou contar uma pequena conquista minha de ontem.  Estava subindo a rua para ir à casa do meu amigo, e dois rapazes estavam descendo a mesma rua de bicicleta e conversando alto. Interrompem o assunto, passam por mim e um diz “Oi, minha princesa, meu amor!”. Como nenhum dos dois me disse nada obsceno ou coisa do tipo, resolvi que não iria xingar, como eu normalmente faço nessas situações. Mas não ia me sentir bem se não fizesse nada, tampouco. Simplesmente fechei a cara e fiquei encarando os dois por uns 5 segundos, enquanto eles continuavam a descer a rua. Não sei se eles acharam estranho, se eles acharam que eu estava dando mole (como se fosse possível…), mas eles ficaram no mínimo intrigados, acredito, e olhavam pra mim, e cochichavam e voltavam a olhar pra mim… resultado: eles quase trombaram num carro que estava parado!  Como disse, foi uma pequena conquista, ver os dois desconcertados e quase estropiados no chão. Me senti estranhamente bem e um pouco vitoriosa, por que não. (:  Talvez eles se lembrem disso da próxima vez…”  Beatriz Moreira