Cantada 485

485 – “O que eu vim pra contar aqui não é uma cantada de rua, algo que aconteceu nessa rede social aqui mesmo, e que eu tenho certeza que já aconteceu com várias outras garotas/mulheres, eu indo pra piscina, tirei uma foto de bikini e postei no meu facebook, como já era de se esperar (até porque parece que a maioria dos homens não sabem controlar seus instintos) começaram a pipocar curtidas, comentários, e homens me chamando no chat, nos comentários eu tive que ouvir coisas como “nossa nossa”, “multiplica senhor”, “fiufiu” aquelas tipicas reações de babacas que não sabem elogiar, no chat foi ainda pior, tive que ouvir coisas como “Você ficou gostosa na foto” “Seus peitos ficaram bonitos na foto” “Deixa eu lhe chupar os seios”, e isso tudo de gente que eu tinha como amigo, eis que dois caras que eu considerava DEMAIS além de comentar merda na minha foto, falaram que eu tinha dado uma evoluída (Oi?), eu que nesse ponto já estava puta da vida por causa de tudo que já tinha ouvido no dia, respondi, nos comentários da foto mesmo, mandei eles irem tomar no cu, e disse que nem se eu estivesse pelada eles teriam o direito de serem inconvenientes assim, ainda postei um status destinado á eles, depois ainda veio um rapaz, me chamando pra conversar dizendo que eles não disseram nada demais, e que eu tava nervosa à toa, eu respondi ele assim: “Disseram, eles invadiram o espaço de uma pessoa que considerava eles como amigos, eu tenho o meu espaço e NUNCA dei liberdade pra nenhum deles me tratar dessa forma, agora porque eu postei uma foto de bikini eu mereço ouvir isso? Eu mereço menos respeito por causa disso? Eles foram tão desnecessários que até eles mesmo pediram desculpas, se você me chamou pra conversar pra dar um comentário machista desse, como se eu tivesse que aguentar isso, não deveria ter me chamado, queria ver se fosse na foto da sua namorada, aí já seriam outros 500 né…”. E claro, tive que colocar a namorada dele no meio, porque homem(a maioria) parece que só aprende quando põe parente ou namorada no meio, depois ainda tive que ouvir minha mãe mandando eu apagar a foto por causa dos comentários, eu respondi que não iria apagar, eu não estava errada e não iria deixar barato. O pior não é os babacas que fazem esse comentário, e sim ver minha mãe e outros caras me tratando como se eu fosse a errada e compactuando com a atitude deles. Agora eu pergunto: eu que tenho 15 anos, eu que fui na piscina me divertir, não posso mais tirar foto? Eu não tenho esse direito? Eu tenho que ficar reclusa á um certo tipo de foto? É uma pena viver em uma sociedade assim. Mas eu não desisto enquanto eu não mudar isso.”