Cantada 486

486 – “O relato que tenho pra contar parece ser mais um daqueles casos do bem quando um homem canta direito uma mulher porque gostou dela e a respeita,só que…  Há algum tempo atrás fiz uma viagem com minha turma da faculdade a um outro estado. Era uma viagem rotineira que os alunos sempre fazem com seus professores, e essa era mais uma entre tantas. Era, mas não foi! No meio da viagem minha turma foi apresentada a alguns alunos de uma universidade de onde estávamos hospedados. Iriamos fazer uma atividade acadêmica com eles. De cara as meninas se encantaram por um deles e umas até chegaram a dar em cima. O rapaz é bonito, mas eu caguei e andei pra ele. O ignorei. Porém com o passar das horas notei que havia alguma coisa errada com ele em relação a mim! Percebi que o cara não parava de olhar fixo e de sorrir pra mim. E quando me virava em sua direção, seus olhos brilhavam e sempre me dava tchauzinho. Me assustei, estranhei e comecei a suspeitar que tivesse gostando de mim pra valer. E ele me olhava tanto que isso acabou saindo em algumas fotos para o meu espanto. Mais tarde ele se soltou um pouco e convidou eu e umas garotas que o rodeavam a ir num outro evento acadêmico que ele iria participar na nossa cidade. Recado dado, me afastei dele. Em seguida todos se juntaram para tirar uma foto pra guardar de recordação desse dia e na hora que todos se arrumavam,o guri do nada pulou do meu lado…O susto foi tão grande que saí de perto parecendo uma barata tonta. Depois da foto todos entraram no ônibus e num dado momento o flagrei olhando pra mim com uma expressão forte de desejo. Seus olhos além de brilharem muito, estavam arregalados e sua boca aberta quase babando! Mais uma vez me assustei e me escondi atrás do banco. Ele viu que foi pego e se escondeu assustado na cabine do motorista. Minutos depois ele e seus amigos foram embora. Fiquei intrigada com ele porque até então nenhuma homem tinha se comportado assim comigo, de se mostrar tão encantado por mim.  Apesar de levar vários sustos não me senti ofendida e nem atacada, pelo contrário…me senti extremamente desejada e por conta da forma como agiu comigo, muita gente acha que ele se apaixonou por mim. E com essa intriga toda, resolvi procurá-lo nas rede sociais pra saber de mais detalhe seus. O achei e para o meu espanto, assim que o encontro e o adiciono descubro que ele tem uma namorada! Fiquei chocada. Quando iria imaginar que uma pessoa que aparece flertando tanto comigo, é compromissada?  Ainda por cima descobri que assim que nós tínhamos nos conhecido, ele tinha acado de fazer 1 ano de namoro, e a namorada, que nesse dia estava viajando, logo longe dele, enviou-lhe um recado todo romântico dizendo o quanto o ama e que tava cheia de saudades. Passei a sentir uma enorme pena dela (e de mim). Meses depois fui ao evento em que ele convidou. Estava com o tempo livre e queria conhecer um evento daquele porte. Assim que o rapaz me viu, abriu aquele sorrisão e de forma toda animada me apresentou a todos seus amigos e ficou falando comigo sobre o que tava achando da minha cidade. As horas e os dias seguirão com ele me olhando de forma fixa sem parar. Perdi as contas de quantas vezes me deixou assustada, de quanto tempo ficou parado sem tirar o olho de mim e tal. Chegou até a jogar várias indiretas, a me elogiar de forma muito animada, de passar umas cantadas, de me tocar e até de fazer uma declaração (de amor?) estranha sobre mim. Tão estranha que a pessoa que ouviu a tal declaração fez uma cara muito esquisita. Teve até uma hora em que ele falou de sua namorada com um tom de “tô nem aí pra ela” a mim. Fiquei na dúvida se é um doido varrido, psicopata ou só apaixonado mesmo. Enquanto tudo isso rolava na minha cidade, a namorada mandava-lhe inúmeros recados falando que morria de saudades que era pra ele voltar logo. Tem até um recado em que ela xinga a minha cidade por ele estar nela naquele momento. Senti raiva e quase a chamei de chifruda! O evento acabou e ele voltou para a alegria dela.  Com tudo que aconteceu enquanto ele esteve aqui, mais pessoas tiveram a certeza de que ele gosta mesmo de mim, porém engana a namorada. Os meses foram passando e ele sempre postando em seu perfil o quanto gosta dela, que a ama, etc e ela dizendo que ele a ama de verdade e tal. Não sabia se dava risada ou se ficava com mais pena dela. Tempos depois, liguei a tv e o vi aparecer num jornal da Globo, outro susto levei. Poucos dias depois, fui por acaso com outra turma da faculdade pra terra dele e sem saber direito fui parar na universidade onde estuda. Assim que chegamos, dei de cara com ele! O sujeito passou por mim dentro de um ônibus e quando me dei conta, ele já estava olhando pra mim de forma fixa como sempre. Meu queixo caiu, pois eu não tava acreditando no que meus olhos viam! Por causa dessa cena, tem gente que acha que é coisa do destino, coisa de almas gêmeas…oi? Mais tarde conheci uma amiga sua que só o elogiava e dizia o quanto a namorada fez bem a ele, de que ela melhorou a aparência física dele e tal. Não tive cara de falar tudo que aconteceu, mas comentei a estranha declaração que ele fez sobre mim. A amiga também fez uma cara bem esquisita. Percebi, então, que alguma coisa não tava encaixando ou que não fazia sentido. Semanas depois já em casa, mais uma vez esse cara me assusta. Veio muito do nada pelo chat pedir pra curtir sei lá o que pra um conhecido seu. Aceitei e ele aproveitou pra puxar papo comigo. Até então nunca tínhamos conversado pelo facebook. A conversa rolou de boa, porém ele parecia animado demais pro meu gosto, pois sempre me respondia tudo de forma rápida e exagerada. Tive a impressão de que ele me queria demais. Mostrei o papo para 2 amigos e ambos afirmaram que o camarada deu muita bola pra mim, que se mostrou muito a afim de mim. Dias depois postei a foto que foi tirada no dia que nos conhecemos. Todo mundo curtiu a foto, inclusive a namorado pro espanto de muita gente. O tempo foi passando, passando e nunca mais nos falamos,e também nunca mais nos vimos. Ele tá lá na sua cidade com a namorada. Sempre postando no facebook coisas românticas pra ela e ela aparentemente acreditando. E eu aqui na minha cidade achando tudo o fim da picada e levando a minha vida de boa. A maioria das pessoas acha que ele me ama e que engana a garota. Uns dizem que ele engana porque é safado e outros porque ele tá acomodado porque ele mora longe de mim. Há ainda aqueles que o acham um maluco ou psicopata. Uns que ele não ama ninguém, mas fez isso pra me sacanear e outros porque ele gosta de fazer tanto ela quanto eu de otárias. Eu não sei bem ao certo o que aconteceu, pois além de ser tímida fiquei assustada demais com suas ações perante a mim.  Porém em nenhum momento me senti desrespeitada por ser mulher como muitos homens fazem, mas sinto que há um cheiro de desonestidade no ar dele me paquerar tanto enquanto diz a namorada que a ama. Não sei se realmente ele faz nós 2 de idiotas como alguns caras fazem pra inflar seu ego, ou se realmente gosta mesmo de mim ou se é louco. Só sei que essa história é muito estranha para mim. E pra completar, parece que ele estará este ano ou ano que vem na minha faculdade.”