Cantada 537

537 – “Primeira coisa: Essa página me encoraja cada vez mais a responder o que antes eu ficaria calada (e me corroendo por dentro)! Meu relato é curto,mas é uma pequena conquista minha. – Onde faço academia tem um garoto que se acha a última bolacha do pacote, chega a ser ridículo, ele para em frente a qualquer menina que esteja treinando e fica se alongando todo, mostrando os projetos de músculos dele. É todo metido a engraçadinho. Pois bem, hoje eu estava treinando, ele chegou, passou a mão no meu braço e disse “Oi gata,de boa?” Nem me deixou responder e foi pro vestiário. Ah!! Eu não podia deixar passar!! Esperei ele sair de lá e falei “ôh garoto, você é meu irmão ou meu pai?” Ele se fazendo de desentendido perguntou “oi? Como?” Eu perguntei novamente. E ele disse “não sou não.” Então eu respondi “Então você não tem intimidade nenhuma comigo pra me chamar de gata, se coloca no seu lugar, e de preferência longe de mim”; ele só disse “ah beleza,desculpa” e saiu andando com um jeito sem graça!”