Cantada 564

564 – “Queria fazer algumas considerações sobre a página mas estou tão chocada que não vou conseguir fazer isso agora, fica pra outro dia assim como as outras histórias. – Ontem saí com uns amigos e por volta das 23hs fomos assaltados por dois caras. Eles realmente ficaram com raiva do meu namorado, jogavam coisas nele e ficavam tentando fazer ele brigar. Quando descobriram que namorávamos, um dos assaltantes me levou para o outro lado e disse que só nos soltaria se eu desse um beijo nele. O motivo de eu contar isso nessa página é porque eu realmente precisava dividir isso com pessoas que não vão repetir para mim que “então tudo bem” porque não houve penetração ou coisa do tipo. Ele forçou dois beijos e parecia não entender porque eu chorava. Enquanto eu passava por isso, repassava todos os conceitos do feminismo na minha cabeça. Realmente vi de perto o que eu já conhecia, ser objetificada e usada. E não foi a primeira vez. Mas hoje eu sei que não foi minha culpa. Não tenho que explicar a roupa que eu estava vestindo, ou o que eu fazia tarde na rua. Simplesmente NÃO foi minha culpa e eu precisava contar isso em um lugar onde não fosse necessário explicar isso.”