Começou a me encurralar de moto – 009

09 “Há 3 anos, quando tinha 16, tive que ir ao mercado finalzinho da tarde. A minha casa não fica tão perto do mercado, portanto tive que andar um pouco, e na volta era início de noite já. Quando estava me aproximando de casa, um cara de moto me abordou, parou ao meu lado e começou a fazer várias perguntas, meu nome, idade, etc., disse que era bonita, passou um tempo tentando chutar meu nome, enquanto eu apertava o passo. Vendo que eu não ia responder nada, começou a me encurralar de moto. Parecia bêbado, mas não olhei direito. Eu ia para um lado, ele entrava na frente, e ficou fazendo isso, enquanto meu medo surgiu e começou a aumentar. Por sorte uma ex-vizinha passou do outro lado da rua nesse momento, ele também tentou encurralar ela uma vez quando a viu passando. Ela percebeu o que estava acontecendo comigo, me chamou, e eu vi a chance de me livrar, pois a cada passo que chegava perto de casa, a rua ficava mais deserta, tornando a situação perigosa. Acho que foi um dos momentos da minha vida que mais passei medo.
Depois que ele viu ela chamando, foi embora. Ela me levou até em casa para se certificar que cheguei bem.”