consegui fazer a minha prima entender mais sobre o feminismo – 590

590 – Oi, lindas. Hoje venho contar uma coisa bonita, só pra alegrar nossos corações por termos ganhado uma menina para nossa causa. Eu tenho uma prima de 16 anos que, influenciada pela família & escola, muitas vezes fazia comentários machistas, mas de um tempo pra cá eu venho conversando MUITO com ela sobre feminismo, e ela vem absorvendo esse conceito tão importante. Talvez ela ainda não seja 100% feminista, mas está dando passos largos nesse sentido, conversamos bastante e tenho certeza que ela vai aprender bastante coisa sobre feminismo.  Contei para ela sobre essa página, mostrei alguns comentários, e ela pensou comigo em quantas vezes foi cantada nas ruas assim. NÃO que tenha a ver, mas ela sempre anda de calça comprida, nunca anda com roupas ‘curtas’, e ainda assim os caras mexem com ela.  Alguns dias depois dessa conversa, ela me contou que estava andando com as amigas depois da aula, e um carro passou por elas, com um cara gritando e buzinando pra elas. Ela ficou nervosa, pensou “O que dá na cabeça desses caras de ficar mexendo com gurias que podiam ser filhas dele?”, e na hora ela gritou pro cara, xingou ele bem alto, pra ele escutar. As amigas dela ficaram aterrorizadas, acharam que o cara pararia o carro para bater nelas, mas ele foi embora com o carro.  Claro que eu expliquei pra ela que às vezes não convém reagir, por mais ERRADO que ele esteja, por mais NOJENTO que ele seja, porque ela pode entrar em uma situação de risco, o cara pode estar armado, ela pode não ter pra onde correr, enfim, às vezes temos que “engolir” esses sapos. Mas eu fiquei muito orgulhosa disso porque agora tenho certeza que ela não se sujeitará mais a esse tipo de coisa. Ela vai reagir sempre que possível, e nunca mais aceitará ser insultada por esses machistas nojentos.  Obrigada por terem lido esse relato, meninas! Muita força para todas nós em nossas lutas diárias!