Dois caras me seguindo de bike – Cantada 730

730 – “O mais desesperador e ridículo, ao mesmo tempo, assédio q já tive em minha vida. Faço faculdade no interior de são paulo. Certo dia, estava caminhando para casa sozinha e a pé. Era mais ou menos 9 da MANHÃ. As ruas meio desertas, mas mesmo assim havia um movimento considerável, e foi quando eu vi dois caras de meia idade com cara de pedreiro (desculpa pelo termo, mas acho q foi a melhor descrição que achei e creio q a maioria das meninas já foram assediados por um pedreiro também). Eles estavam andando de bike, até ai eu nem tinha me ligado que eles estavam me seguindo, quando eu percebi, eles estavam cochichando coisas um para o outro e ao mesmo tempo me olhando. Virei a rua e tentei fazer um caminho alternativo, quando um carro parou do meu lado e disse que tinha visto tudo: os dois caras me seguindo e planejando algo. Assim que o carro parou, os dois caras disfarçaram e viraram outra rua, finalmente me deixando em paz.”