Ela não quis, ele inventou histórias sobre ela – 989

989 – Infelizmente,o que não falta para mim são histórias, tenho muitas para contar.

Mais uma vez vim aqui contar uma história desagradável, mas dessa vez não foi comigo e sim com minha amiga e minha manicure.

Minha amiga é divorciada e tem uma filha adolescente; ela tem namorado mas inventaram histórias sobre ela. Uma colega nossa tinha um caso com um cara que fazia carreto no supermercado aqui perto; um dia essa colega queria apresentar esse cara do mercado para ela, mas minha manicure não aceitou porque o povo daqui dessa rua é muito fofoqueiro. Esse cara começou a falar mal da minha amiga, começou a inventar histórias sobre ela, chamou minha amiga de sapatão (ela não é, mas mesmo se fosse ele não tinha o direito de falar isso, o que uma pessoa faz na cama só diz respeito a ela). Minha amiga foi no mercado e quase bateu nele, e um vizinho dela que cresceu com ela, era da pá virada, bandido, foi falar com esse sujeito do mercado. Deu um susto nele, falou um monte de coisa – que minha amiga era trabalhadora, honesta e tem filha moça, e ele não mentiu. Descobrimos também que esse sujeito do mercado também andou assediando uma menina de 15 anos. O pai dela descobriu e foi lá no mercado tirar satisfação com ele, chamaram o dono do mercado, e esse cara disse que estava sendo ameaçado por bandido. Simplesmente o dono do mercado disse: Se está sendo ameaçado, pegue suas coisas e suma daqui! Não quero bandido atirando nos meus clientes e empregados não! Fora daqui agora!

O mais revoltante é que por causa de um tipo desses corremos perigo, tivemos muito medo dos bandidos invadirem o mercado e fazer algo! Mais revoltante ainda foi saber que esse cara é casado e tem dois filhos gêmeos ainda bebês! Deviam ter deixado minha manicure acabar com a raça dele! Ele não está mais trabalhando no mercado mas agora quando ele vê minha amiga ele só falta se benzer! Cada dia admiro mais minha amiga! O dono do mercado também estava de parabéns!

Obrigada!