Ele disse tudo que eu queria ouvir [mas eu não voltei com ele] -1472

1472 – O meu caso… eu não sei se ele pode ser considerado um caso.
É mais uma dúvida que vem me consumindo desde que eu terminei o meu ultimo relacionamento.
Acontece que eu namorava esse cara, que eu ainda gosto muito, e no começo ele era super carinhoso, atencioso e respeitoso. Aparentava ser o melhor cara do mundo, nunca tinha tentado me pressionar a nada. Mas com o tempo, não sei se ele foi revelando a verdadeira natureza ou se ele foi se tornando aquilo, tínhamos cada vez mais brigas e problemas, a maioria deles devido ao ciúmes cada vez mais irracional, e ao sentimento de posse que ele nutria por mim.
Nos últimos meses era quase insuportável, ele fazia chantagens emocionais dizendo que ele não se sentia desejado quando eu não estava afim de transar, e muitas vezes cheguei a fazer só pra agradá-lo e não porque eu queria. Tivemos até uma conversa em que ele afirmou que se eu ficasse gorda, ele me largaria.
Chegou ao ponto de eu chorar todo dia, de não conseguirmos ficar mais de três horas juntos sem brigar.
Finalmente, depois de inúmeras tentativas (ele sempre me fazia voltar atrás, dizendo que com o nosso amor íamos resolver a nossa situação), eu consegui terminar com ele, e até parecia a coisa certa.
Durante dois meses eu me reencontrei e percebi o quanto tudo aquilo estava errado.
O problema é algumas semanas atrás, ele veio atrás de mim pra conversar e disse que me entendia agora e que tinha mudado. Ele disse tudo que eu queria ouvir.
Eu não sei se foi por mim ou por influencia dos meus amigos, mas eu disse que eu não queria voltar e que a gente não tinha mais jeito.
E agora eu to nesse dilema de não saber se eu fiz a coisa certa, porque eu ainda gosto tanto dele, mas eu não quero voltar a ficar miserável do jeito que eu estava.
Eu não sei, eu acho que eu só queria que alguém me dissesse que eu fiz a coisa certa em não dar uma segunda chance pra ele.
E eu não sei se eu posso falar com os meus amigos sobre isso, porque eu não sei se eles vão entender.
Se existe alguém no mundo que pode me entender, são vocês, então, por favor, me ajudem! O que eu devo fazer?