Ele estava com o celular batendo fotos minhas! – 820

820 – “E quando vem o cara e te encara de cima a baixo, como se nunca tivesse visto mulher na vida? Um cara fez isso na minha frente, sem escrúpulos, olhou de cima a baixo, e quando já estava subindo o olhar de novo, só me viu com a cara de “sério moço?” e as sobrancelhas arqueadas. Ele percebeu, óbvio, e começou a encarar o chão.

Outra vez eu estava no metrô, de pé, e um maluco na minha frente estava com um celular. Eu estava no mundo da lua, nem aí, quando olhei para ele, a câmera do celular estava apontada para mim (e não era estilo “ah, estou mexendo no celular”, era apontada mesmo, com duas mãos para estabilizar e tudo) batendo foto minha!!! Assim que eu vi, ele trouxe o celular mais pra perto de si e fingiu que nada aconteceu, mas ficou tentando achar posições disfarçadas de bater mais fotos. Encarei ele muito feio, por fim não aguentei e falei alto “as fotos ficaram bonitas? E se eu te processar por me fotografar, seu tarado?” O vagão inteiro parou pra olhar, ele começou a falar baixinho “não que isso, tá maluca, olha aqui, tem nada não (mostrando a tela de descanso)”. Acabou que cheguei na minha estação e mandei um “ah, vá se fuder, imbecil”. Só deu tempo de ver ele me olhando assustado, e o vagão inteiro prestando atenção em silêncio.”