empurrei e gritei e ele continuou tentando me beijar à força – 1199

1199 – Um colega de turma, me disse certa vez: “vamos transar?”, eu, pelo absurdo da proposta, achei que era brincadeira e não o respondi, ele, insistentemente perguntou: “ué? você não se diz liberal, porque não quer transar comigo?” eu o expliquei, pacientemente, que ser liberal não significava que eu estava obrigada a dar pra ele.

Em outras abordagens ele me perguntou “quando você vai dar pra mim?” e eu, achando que ele realmente não estava compreendendo que eu não tinha nenhuma intenção de fazer sexo com ele disse claramente: “nunca”.

Suas perguntas acabaram, mas aparentemente ele se achou no direito de por suas mãos em minhas coxas e bumbum, mesmo eu pedindo, insistentemente pra ele parar e, tirar, sempre, suas mãos de cima de mim.

Mas o que realmente me apavorou, foi quando esse mesmo garoto, entrou em minha casa (moro com amigos que são também seus colegas) e tentou me beijar a força. Eu o empurrei e gritei e ele continuou tentando me beijar me segurando com força.

Infelizmente eu não tive reação alguma. Fiquei paralisada. Saí de casa tremendo e com muita raiva.

Não consigo entender como tem gente que se acha normal cometer esse tipo de abuso. Não é não e ponto final. Beijo forçado é crime http://www.regiaonoroeste.com/portal/materias.php?id=38607

beijo forçado é estupro.

http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2009/lei/l12015.htm