enfiei um soco na boca do estômago dele com toda a força – 938

938 – Bom, esse não é o primeiro caso de assédio que sofro, porém foi o primeiro em que reagi. Faço aulas de Muay Thai algumas vezes na semana, hoje era uma delas. Como sou professora de inglês, ao chegar lá, fui confrontada por um dos homens que treinam comigo. Me chamou por um apelido estupidamente íntimo sendo que nunca havia falado comigo, coisa que já me deixou com o pé atrás. Aí o indivíduo pediu uma aula particular de inglês. Educadamente, pedi que não usasse meu trabalho como cantada. Claro que isso só fez com que ele insistisse. Perdi um pouco da paciência e falei que não estava com humor pra aquilo e que não gosto que forcem a barra comigo. Nesse momento, me levantei para ir em direção ao tatame para começar o treino. Eis que o cara agarra meu braço e fala “mas se não usar seu trabalho, como vou te levar pra minha casa sem ter que te obrigar?”. Me virei e em um movimento só enfiei um soco na boca do estômago dele com toda a força que eu tinha. Enquanto ele tentava não vomitar, lembrei a ele que prestasse muita atenção nas pessoas pra quem ele falava esse tipo de coisa, senão logo seria preso. Meu treinador me parabenizou e não sei qual será o destino do imbecil, já que expliquei toda a situação ao treinador.