eu queria falar alguma coisa mas não consegui – 1024

1024 – Sempre escutei besteiras, buzinadas, comentários desagradáveis e olhares, ignoro com o meu fone de ouvido, mas essa foi a primeira vez que me aconteceu, fiquei sem reação.

Eu estava voltando pra casa, umas 19 horas, estava chovendo e decidi pegar um ônibus, eram poucos pontos mas a ideia foi péssima. O ônibus até que estava vazio, sentei no banco mais alto porque sempre sento lá, eu gosto, no lado da janela havia um homem, ele olhou pra minha perna mas achei que era porque tenho tatuagens, muita gente olha até ai tudo bem.

Percebi que ele tocou uma vez na parte genital e em negação pensei *tudo bem, homens fazem isso, fazer o que*; quando reparei ele estava apertando o pênis,

Fiquei com raiva, com nojo, desesperada, levantei e fiquei de costas pra ele até chegar o meu ponto.

Tive que passar por ele para descer, ele sentado e eu em pé atrás do banco dele, a todo momento ele olhava para trás e eu com a cara mais horrorosa que podia fazer, eu queria falar alguma coisa, estava entalado mas não sei porque não consegui, me arrependo até hoje.

Desci do ônibus e ele queria me entregar um papel, abriu a janela e ficou me chamando, mostrei os dois dedos do meio e sai andando…não foi suficiente pra mim, me senti mal e impotente e me sinto até hoje, se isso acontecer de novo vou tentar não ficar quieta, agora que a surpresa desagradável acontece, a gente fica mais esperta…mais esperta mas não acostumada.