eu tinha 9 anos, meu padrasto me batia e pegava a minha pensão – 975

975 – Quando eu tinha 9 anos, minha mãe namorava um cara e decidiu morar com ele, antes ela morava com meu pai para me criar (mesmo não estando juntos). Eu quis ir com ela pra ver como seria morar só com a minha mãe, já que nós tínhamos muita afinidade. Nos primeiros dias foi uma maravilha, não poderia ser melhor. Mas eu mal consigo lembrar desses tempos porque depois além de eu apanhar sem motivo algum e ser obrigada por ele a fazer todas as tarefas da casa, ele pegava a minha pensão pra fazer sei lá o que e batia na minha mãe na minha frente, ameaçava que ia matá-la e dizia sempre que a culpa era minha. Durante isso tudo, nunca falei pra ninguém por medo que acontecesse alguma coisa a minha mãe, também nunca voltei pra casa do meu pai porque não queria deixá-la sozinha com ele. Ela dizia que tinha medo dele mas que o amava. Nós tentamos fugir mais de uma vez, mas ele sempre ia atrás, se fazia de coitadinho, dizia que ia se matar, que ele já tava sofrendo com a morte da mãe dele e ela acabava voltando atrás. Eu lembro dele enforcando ela na minha frente e eu não tinha como fazer nada, ele me batia escondido e se eu contava pra ela, eu era uma mentirosa. Falava que eu era ruim, me humilhava. Eu dormia no quarto do andar de baixo da casa enquanto eles dormiam em cima e ele ainda dizia que lá era a senzala. Qualquer problema era culpa minha.

Eu não consigo entender até hoje por que ele fazia isso, ele não era alcoólatra, ele não era doente, não tinha problema nenhum, só era louco. Minha mãe já tentou denunciar ele na delegacia da mulher mas não deu em nada e ele ainda nos bateu por isso, ele morria de medo da polícia.

É incrível como não entra na minha cabeça por que ele fazia isso.