ficou passando a mão na minha perna no carro – 680

680 – “Uma vez o marido de uma amiga da minha mãe me levou em casa de carro, eu tinha 11 anos; ele começou a passar a mão na minha perna, eu tremia, ele perguntava se era frio. Eu sempre percebi o olhar dele pra mim. Durante o trajeto da casa dele até a minha casa foi aquilo. Nunca contei a ninguem. Até hoje tenho nojo, ódio daquele cara. Estou cansada disto, uma vez na rua o cara apertou minha bunda, fora as cantadas. Não sei mais o que faço, é triste, constrangedor, incomoda…”