Fiquei decepcionada com o final da palestra -1202

1202 – Meu caso não se trata de um relato de cantada de rua, mas de como a mente de muitas mulheres, ainda acha que cantada de rua é um tipo de “aprovação”.

Sim eu já levei cantadas de rua, nada muito agressivo, mas nunca gostei, acho de muito mau gosto os fiu fiu, mas hoje passo de cabeça erguida, e há de quem mexer.

Mas, participei de uma palestra sobre A arte de ser Mulher, uma palestrante bacana, divertida, que comentou sobre os sentimentos das mulheres, entre outras coisas mais, papo bem mulherzinha mesmo. Até ai tudo bem, nada demais, porém quase no final da palestra, ela perguntou. Mas por que as mulheres fazem isso (se cuidam, querem agradar todo mundo, não sabe dizer não, etc…)? Ai ela mostra a foto de dois pedreiros, em uma obra, e diz: queremos ter aprovação, ser desejada, passar em frente em uma obra e ouvir assobios etc… e o pior é que a maioria concordou. Nossa, quase tomei a frente da palestra, como pode isso? Eu sei que ela pode ter só colocado no sentido cômico, mas é muito baixo. Fiquei com vergonha de saber que muitas mulheres fazem as coisas só para ter a aprovação de homens, pior ainda, de qualquer homem na rua. Claro gente não vamos ser hipócritas, é normal fazer algo para agradar as pessoas, mas pessoas que a gente gosta, o marido, uma amiga,os filhos, é um carinho. Porém não deve ser uma obrigação.

E eu não quero saber a opinião de qualquer um na rua.

A resposta exata na minha opinião seria, de que no fundo o que a mulher quer mesmo é igualdade, não ser cobrada de nada e viver a vida de boa, sabendo que tanto homem e mulher tem os mesmos direitos e o mesmo valor. Mas depois dessa palestra, vi que estamos anos luz disso.