Já fui insultada por não responder a um “elogio” deles – 1487

1487 – Bem, não fui agredida fisicamente, tocada ou algo assim. E não foi uma situação específica. Quando eu era criança, com 12, 13 anos, sempre ia fazer trabalhos escolares na casa de minhas colegas. Era um pouco longe da minha casa e eu sempre ia à pé. No caminho, a todo o momento eu sentia os olhares masculinos sobre mim e aquelas cantadas podres de rua. O pior era que isso vinha de homens com idade para ser meu pai ou até mesmo meu avô! Eu nunca entendia por que isso acontecia. Nessa época eu tinha mesmo um corpo formado e algumas pessoas até achavam que eu era mais velha. Porém, nunca usei roupas vulgares (e mesmo se usasse, não justificava o fato). Por conta disso, eu evitei sair muito de casa, passei a chamar as meninas para ir fazerem os trabalhos da escola na minha casa. Quando eu saia, procurava sempre usar roupas largas e compridas. Sou muito tímida, era naquela época e sou até hoje, sempre tive medo dos olhares que os homens lançavam para mim. Tenho até hoje. Quando eles me dão bom dia, boa tarde ou boa noite na rua, sempre procuro responder, por medo de eles não gostarem ou algo do tipo. Já fui insultada por não responder a um “elogio” deles. Por este motivo, é uma luta para mim sair de casa todas as noites para ir para faculdade, evito sempre andar sozinha. Sei que isso acontece com muitas. Só queria que fosse diferente. Obrigada por me darem a oportunidade de falar aqui, nunca falei sobre isso com ninguém.