“Meninas, por favor, não apareçam na escola de shortinho” – 1208

1208 – Tenho 15 anos e estou cursando o segundo ano do ensino médio em uma escola estadual. Na terceira semana de aula, todas as turmas de ensino médio foram chamadas até o auditório para a palestra das diretoras e vices, sobre as regras da escola, boas vindas aos novatos, etc. Enfim, como sempre faziam todo o ano. As regras eram normais, igual todas as escolas. Então, a diretora chegou na parte de vestimenta. Não eramos obrigados a usar uniforme, podíamos ir da maneira que quiséssemos, respeitando o ambiente escolar, claro. Só que, a diretora não falou sobre o vestuário do meninos, foi logo pra parte das meninas e disse algo como “Meninas, por favor, se deem o valor, não apareçam aqui de shortinho, vocês não estão indo á praia.” Ok, eu entendo que talvez a escola não seja um lugar apropriado a usar shorts curtos, apesar do calor, mas ela falou como se fossemos perder nosso valor por usa-lo. E, como se não pudesse piorar, soltou um “Não quero reclamações lá em baixo, de que meninos passaram a mão na barriga, coxa ou sei lá aonde, porque vocês não estavam se vestindo como deveriam.” Eu fiquei pasma. Ela disse isso na frente de todos, inclusive meninos, dando a eles a certeza de que se passassem a mão em nós, a culpa seria nossa, podendo fazer isso sem se preocupar com as consequências. Fiquei triste em saber que até mesmo nas escolas o machismo é alimentado cada vez mais.