menino de sete anos passou a mão na minha bunda – Cantada 726

726 – “Vi o relato da moça do provador e lembrei de um momento chato pelo qual passei o início da adolescência.  Lembrei de uma vez que tinha uns 12 anos, e brincava na minha rua, e um menino simplesmente veio de lá e PASSOU A MÃO EM MINHA BUNDA e deu risadinha… ele deveria ter uns 7 anos, e eu chateadíssima passei uma rasteira nele, que bateu a cabeça no chão (não muito forte) e ele correu pra casa chorando (mais da humilhação do que da dor da queda)  E a mãe veio de lá pra cá cuspindo fogo, e eu disse em alto e bom som: O SEU FILHO PASSOU A MÃO EM MINHA BUNDA, VOCÊ ACHA QUE ELE NÃO SABE O QUE ELE FEZ? ELE DEU RISADA, A SENHORA SABIA?  Aí tive que escutar aquele discursozinho manjado pra não apanhar: “Ah, ele é uma criança, é menor que você, vc me chamasse, não bata em quem é menor que você, mimimi…”  Detalhe importante: Essa mãe sempre teve o histórico de defender os filhos, se eu chamasse era capaz de ela minimizar o caso e ficar por isso mesmo.  Escutei horrores, mas sinceramente: Quinze anos se passaram, e eu não me arrependo. Ele sabia muito bem o que estava fazendo, a risadinha dele denunciou isso. Se fosse um carinho qualquer não seria em minha bunda que ele passaria a mão.”