meu pai me orientou a usar roupa discreta pois era assim mesmo – 1050

1050 – Já recebi muitas e muitas cantadas nas ruas. Por ser tipo “mulherão” sempre fui assediada, desde adolescente. Quando muito nova questionei meus pais sobre esse comportamento por parte dos homens, minha mãe relatou alguns assédios que ela havia sofrido e meu pai me orientou a usar roupa discreta e ter cuidado, pois era assim mesmo. Me lembro de quando tinha por volta de 12 anos um homem mostrar o pênis, eu estava com mais duas amigas e saímos correndo. Foi horrível e passei a ter medo. Quando tinha 21 anos um rapaz me apalpou na rua, fiquei irada e xinguei muito ele, mas a sensação de impotência e nojo ficaram. “Fiu fiu, gostosa, delícia e ô lá em casa” sempre. Ignoro. Faço questão de não mudar meu caminho, de discutir sobre esse assunto em casa, com meus amigos. Já troquei de roupa mas hoje tento não mudar. Os homens precisam entender que não é legal, não é elogio, é assédio. Reprime. Intimida. Hoje tenho dificuldade em confiar em homens.