namorado machista? ah vai tomar no cu! – 1960

1960 – Conheci um cara em 2013 chamarei de Victor, Victor era mais velho, olhos claros, cabelos escuros, trabalhava bem. Parecia ser um sonho, nossa relação era uma delicia, ao menos no começo. Com o tempo descobri pontos podres e machistas; uma vez ele me disse que mulher que trai era vadia, pois ficava aberta, mas o pinto nunca danificava. Irônica eu disse: “Danifica sim! Se eu descobrir traição, não somente o pinto, mas a cara e o corpo ficarão danificados!”
Queria me prender em casa, sem sair, já não tinha liberdade. Uma vez que sai com minhas amigas ele ligou reclamando, queria terminar a relação! Na noite em que terminamos eu havia saído com minha amiga, o namorado, e o primo dele. No outro dia veio o Victor me ligar novamente, me chamou de vadia, de puta que eu o estava traindo! De duas uma, não confia nele mesmo, ou quem me traía era ele! Não aguentei mais, terminamos e hoje estou feliz, bem amada e respeitada! Ele? Bem ele casou!