não me deixaram espaço para passar – 655

655 – “Olá, bem aconteceu comigo hoje, eu estava super atrasada para o curso; indo para a plataforma, escutei a moça dizer que o trem já iria chegar em dois minutos. Com quatro lances de escada até a plataforma, corri; não estou no padrão de beleza, sou gorda e estava de camiseta bem larga do curso, de calça e tênis. Enfim, subi correndo muito, quando me deparo com um grupo de homens que andavam em bando juntinhos e quando me viram simplesmente não me deixaram espaço para passar, fazendo com que passasse bem no meio deles. Já sabia que ia dar merda, o escroto a uns poucos centímetros do meu rosto dizendo coisas nojentas e o outro falando ‘nossa que boca gostosa vermelha’, e outras coisas. Me subiu um ódio mas como tinha acabado de subir quatro lances de escada não consegui dizer nada, passei mostrando meu dedo e não olhei para trás para ver se diziam algo. Estava mega atrasada, mas sei que viram pois assim que mostrei o dedo eles pararam de falar. Eu sempre respondo a essas coisas, acho um absurdo, a pessoa NÃO te conhece e chega assim te assediando na rua ou em qualquer lugar, chega disso! No intervalo do curso (cheguei a tempo) contei a minhas amigas e elas ficaram assustadas com o que fiz. Minha amiga costuma dizer que se ‘sente’ errada às vezes, por estar no lugar errado; eu cortei ela dizendo que ninguém tem o direito de invadir o meu espaço e falar coisas nojentas. A culpa não é nossa, temos que parar com isso.”