Número de crimes influenciados por impulsos se multiplicam

A ‘culpa’ da mulher

Nesse vídeo um psicólogo debate sobre crimes influenciados por impulso e o que tem levado o ser humando a agir tanto por impulso se esquecendo da racionalidade. Ele comenta sobre a educacão e o papel da estrutura familiar na formacão do caráter de um ser humano e como a falta disso influencia negativamente a índole das pessoas tornando-as mais agressivas e por consequência, mais impulsivas. Porém, curiosamente, ao falar dos casos de estupro, o discurso muda. Aí o problema não é mais a falta de educacão do delinquente que comete tal crime. Alguém adivinha qual seria a causa maior desse tipo de crime dentro da cultura do estupro? A mulher, é claro! Ele afirma que dentro de uma sociedade igualitária, a mulher quer competir com os homens se esquecendo que ela não tem forca pra isso, e que isso provocaria o homem, que por ser “naturalmente” mais agressivo, não teria como se controlar, dizendo até que a “tendência” de resolver as coisas à força é algo puramente genético, e não cultural, onde os homens são sempre estimulados a mostrar sua masculinidade pela força. Mas não estamos em uma sociedade igualitária para que esse comentário faça sentido, e em países onde o sexismo é bem menos expressivo os casos de estupro são bem menores, mesmo as mulheres “provocando” os homens ao saírem de casa para trabalhar. Novamente ele explica que a mulher tem se exposto mais e consequentemente provocado mais os homens e que dá para entender o porque um homem perde os freios diante de uma mulher. Vindo de uma autoridade que exerce influência sobre as pessoas, isso é assustador, pois ele não só culpa a mulher como apoia o estuprador. E tem mais um agravante contra a mulher, a bebida, pois uma mulher que bebe e usa roupas curtas sabe que estará dando vazão ao imaginário fantasioso masculino, por isso, segundo ele, em casos de estupros onde a vítima estava alcoolizada, a mulher tem 50% de culpa. Ele toma como exemplo uma denúncia recente de estupro envolvendo jogadores de um time de futebol para dizer que as mulheres estão “se colocando numa posição de maior oferecimento ao homem”. Além disso ele se contradiz ao dizer que mulheres são mais emotivas e passionais. Mas se nós somos as emotivas, porque os crimes passionais são na grande maioria cometidos por homens? Segundo ele, os crimes passionais cometidos por homens também são culpa da mulher, pois o homem tem esse sentimento de posse e as mulheres sabendo disso, deveriam se resguardar mais. Por isso mulheres, se não quiserem ser estupradas, não provoquem, não saiam de casa, não usem roupas curtas, não exponham suas figuras, não dancem e jamais bebam nada alcoólico, pois isso é um convite explícito ao estupro dos pobres machos que não possuem domínio sobre sua agressividade extremamente exacerbada pelo cromossomo Y.

O link para ver o video da entrevista:

http://ricmais.com.br/pr/bg-curitiba/videos/numero-de-crimes-influenciados-por-impulsos-se-multiplicam/