O ginecologista da minha mãe me olhou de forma nojenta – 626

626 – “Quando eu tinha 14 anos minha mãe estava grávida e eu fui com ela ao médico que era um ginecologista/obstetra. Quando eu entrei na sala ele me olhou de cima a baixo, disse pra minha mãe que eu era muito bonita… Durante a consulta ele fazia um ultrassom na minha mãe e conversando com ela sobre quando seria a sua próxima consulta no ginecologista ele disse: “Ah, e falando nisso sua filha já ta grande né? quando vai ser a vez dela ir comigo?” e olhou pra mim de cima a baixo de novo com um sorriso tão nojento/sacana e me deu umas duas piscadinhas… Na hora eu quis sumir dali, tamanho desconforto e náusea que eu senti. Depois que cheguei em casa contei pra minha mãe o que o médico dela falou e o olhar dele. Ela disse que não viu ele olhando, mas que também não gostou nada do jeito que ele falou “ir comigo” e que não era pra eu ir me consultar com ele. Já contei isso pra várias pessoas, alguns dizem que foi “paranoia” minha e que o médico apenas estava tentando ser simpático. Bom, eu acredito que para olhar uma pessoa com simpatia vc não precisa despir ela com os olhos. E graças a suposta “simpatia” dele hoje eu tenho quase 20 anos e não tenho nenhuma segurança para ir ao ginecologista e tratar da minha saúde. Ninguém consegue imaginar como eu me sinto quando por algum motivo eu preciso me consultar, “e se for aquele nojento de novo, ou um tão nojento quanto?” É muito horrível. Peço desculpas se esse relato não é conveniente para a pág. e tbm peço que não me chamem de histérica ou paranoica aqui. Obrigada por criarem um espaço assim onde podemos desabafar.”