o rapaz atrás de mim [no ônibus], encostou por trás, enfim… – 1954

1954 – Hoje eu tive apresentação do TCC, e precisei ir até a faculdade de ônibus intermunicipal. São cerca de 40 minutos, e não mata ninguém. Na hora de escolher a roupa, escolhi uma discreta e praticamente universal: um jeans escuro, uma camisete comprida branca e uma sapatilha. Não faço o estilo peituda, bunduda, sex appeal, nada. (Maldita mania de ter que ficar se desculpando de tudo….). Entrei normalmente no ônibus e me posicionei de pé quase no fundo. O ônibus estava cheio e os esbarrões decorrentes da movimentação eram normais. Foi quando vieram quatro rapazes (com cerca de 25 anos) rumo a minha direção. Dois se posicionaram ao meu lado, um do lado direito e outro do esquerdo. E os outros dois atrás de mim. Trouxe a minha bolsa para frente do corpo, e o cabelo também. E percebi certas esfregadas em mim (ou tentativas de esfregadas)… olhei para os lados e para trás, e percebi que eles conversavam com gestos. Vi sorrisinhos entre eles… foi quando o rapaz atrás de mim, encostou por trás, enfim… você deve imaginar para fazer o que. Vendo minha cara de desespero, um outro homem, do outro lado do ônibus, me chamou e o ofereceu um lugar mais seguro dentro do ônibus. Nisso os rapazes se dispersaram. Sabe, me senti ofendida, ultrajada… humilhada… E os rapazes se mantinham numa postura de “homens machos e senhores de si” dentro do ônibus. Um clima estranho pairou sobre o ônibus. Olhares obtusos, de medo, de impotência,de abnegação. Quando desci do ônibus, o homem que me ajudara desceu também e disse que os tais rapazes costumam pegar o ônibus de vez em quando e fazer com outras moças o mesmo que fizeram comigo.
Não liguei para a polícia. O que eles fariam?? Estava atrasada para  a apresentação, e psicologicamente frágil devido a tudo.
Sei lá, fiquei pensando, tentando justificar o ato deles… “culpa desses malditos contos eróticos onde essas histórias ganham finais diferentes (mais calientes)”, “será que minha blusa estava transparente”, “por que eu???”….