Obrigada, Moçxs, pelo espaço que nos permite desabafar – 933

933 – Oi Moçxs… eu vim aqui para fazer um desabafo… eu fico imensamente triste e revoltada com a quantidade de relatos que são postados todos os dias porque é revoltante saber que mesmo provado por dados estatísticos que a maioria esmagadora das mulheres ODEIAM (viram isso, mascus? O-D-E-I-A-M!) ter que ouvir qualquer merda sobre seus corpos na rua, ainda assim tem gente que defende o “direito” de fazer tal coisa. É revoltante saber que a maioria esmagadora das mulheres tem MEDO de sequer sair de casa porque sabem que só por serem mulheres são alvos de assédio sexual nas ruas (e eu nem menciono o medo de sair de short, camiseta de alcinha, saia ou vestido). É revoltante saber que a maioria das mulheres tem MEDO de reagir porque, se não ouve merdas ainda maiores, são agredidas fisicamente. É revoltante saber que, na maioria das vezes, a gente não só ouve dentro de casa que a culpa foi nossa, mas corremos o risco até de sermos assediadas dentro de onde deveria ser o nosso refúgio. É revoltante saber que só pelo fato de sermos mulheres isso nos torna alvos e objetos nessa sociedade escrota. É revoltante o fato de ainda termos que lutar para que direitos básicos como segurança, saúde e um salário digno sejam efetivados. É revoltante ver tantas companheiras desacreditadas em suas palavras ou relatos pelo simples fato de serem mulheres e por isso devem ter “provocado”, “pedido”, “merecido”. São milhares de revoltas todos os dias. São milhares de relatos, publicados ou não, por que esse tipo de coisa acontece com todas nós pelo menos uma vez na vida e o pior é que existem mulheres que se sentem LISONJEADAS com essa sujeira! Porque a sociedade é tão deturpada que nós somos convencidas desde novas que nós existimos para agradar aos homens e se não ouvimos uma “cantada”, é porque estamos fazendo algo errado. Eu, pessoalmente, dou graças a Deus que nunca tive que passar por nenhuma situação extrema. Mas sei das minhas companheiras que passaram e à elas eu deixo aqui todo o meu apoio e a minha solidariedade. Vocês são admiráveis por ter passado por tanta coisa e ter sobrevivido e agora estão aqui na luta por uma sociedade melhor.

Obrigada, Moçxs, pelo espaço que nos permite desabafar, nos empoderar e contar com o apoio e força das nossas irmãs. Obrigada por nos abraçar quando ninguém mais quer. Obrigada por estarem na luta também, porque juntas somos mais. Obrigada, obrigada, obrigada.