“Piriguete se acha, mas só serve para uma noite” – 1842

1842 – Olá, gostaria de contar um caso que me acontecia desde 2013 e nunca desabafei com ninguém!
mas hj, quero relatar,pois sei que aqui encontro a ajuda e o apoio e que ninguém vai me julgar!
conheço um menino desde minha infância, estudamos juntos naqueles anos eu não entendi os olhares deles e nem nada assim, pois era, alias ainda me considero muito inocente, mesmo tendo 18 anos, continuando…
Um tempo depois que eu me formei, esta mocinha como muitos falam, voltamos a nos reaproximar, porém eu encarava aquilo tudo como amizade! Em uma noite de domingo, era mais ou menos 8 da noite, não era tão tarde eu voltava da casa de uma amiga da escola, estava fazendo trabalho junto com ela, ele me ligou e durante o caminho conversamos bastante, perguntou se eu queria que ele me buscasse, eu disse que não, mas insistiu dizendo “vamos nega, esta escuro é perigoso uma menina andar sozinha, vc sabe.”
Então aceitei, que ele me buscasse, afinal ele estava correto, eu ja fui estrupada e isso me ocorreu aos 15 anos, eu era virgem, esse relato já havia sido postado, continuando aqui vou chamar esse ´´amigo´´ de Felipe. Felipe foi me buscar, estava de moto, parou próximo de mim, desceu estacionou a moto, desceu me deu um bjo no rosto e ficamos conversando, depois de um tempo segurou em minha cintura e ficamos conversando, pediu um selinho e dei, assim nos beijamos, depois disso me levou para casa, entrei e fui jantar… depois disso passou uns 3 meses até nos vermos novamente. Um certo dia estava indo para o mercado e ele estava andando de mãos dadas com uma garota, então passei reto e nada falei, mas a menina começou a jogar gracinhas e piadinhas, do tipo “piriguete se acha, mas só serve para uma noite” isso me ocorreu umas cinco vezes depois! Até que parei e perguntei se era comigo, pois se fosse que ela tivesse capacidade de vir falar comigo cara a cara e de resolver como mulheres decentes pois se ela gosta de baraco, eu não! Discutimos a beça, o Felipe chegou e pediu para pararmos! Perguntei assim para ele “Felipe, o que vc disse para babaca da sua namorada? Nos conhecemos desde criança! E nunca me levou pra cama como ela pensa, alias vc nem teria capacidade!”. Mesmo morrendo de medo enfrentei! Ele ficou sem graça e disse “Ai amor ela é minha amiga, enquanto os dois brigavam saí. Ano passado comecei a namorar e tinha que passar na rua da casa da garota, ela falava merdas, até que parei na frente dela e disse “Olha garotinha babaca, se não quiser ser processada por difamação é melhor calar esse bueiro que vc chama de boca! Nunca transei com seu namoradinho não! Eu tenho namorado, não preciso ficar me esfregando em menininhos okay? recado dado! E se amanhã eu passar aqui e vc vir me jogando piada,minha madrinha é advogada e meus tios tmb! Vc é de menor,seria uma pena se seus pais pagassem por vc!”.
Sei que ela não tem culpa, tem apenas ciumes e mesmo Felipe namorando, sempre que estava sozinho me chamava de gostosa e tals, mas respeito meu namorado, não contei nada a ele, pois ele quebraria o babaca do Felipe em 5 ou mais!
Meninas por favor não me julguem, tenho namorado mas se um dia ele me trair nunca vou procurar confusão com a garota, termino com ele e pronto! Estou muito assustada!