Reagi e gritei seu – louco, saia de perto de mim, não rele mais em mim – 2075

Um dia voltando do serviço ao sair do metro na estação Tucuruvi do metrô, um homem desarrumado chegou bem próximo por trás falando obscenidades. Ao passo acelerado tentei me afastar, mais de forma inconveniente o homem se aproximava perigosamente me seguindo. Reagi, em um surto comecei a gritar : vai assediar sua mãe, seu louco, saia de perto de mim, não rele mais em mim. Outros homens observaram minha reação e me chamaram de louca. Furiosa achei que estavam juntos. Subi as escadarias rapidamente e de forma firme reclamando inquieta, parei no posto dos seguranças do metro e me sentindo mais segura parei e estendi o braço e disse: Vai! Passa logo! Não quero você atrás de mim. O homem revoltado me chamou de vagabunda e saiu bufando. Os seguranças do metrô nada fizeram. Me encostei numa parede para respirar fundo e tentar segurar os fortes tremores. Sem ser acudida segui viagem.  Ainda faltava metade do percurso.