relato de agressão machista disfarçada de piada – 1086

1086 – Este é um relato de agressão machista disfarçada de piada.

Fomos em dois casais (sendo que o outro casal nosso amigo estava chegando da Inglaterra) para uma festa no apartamento de uma amiga muito querida. Não deu meia hora, um homem, um “artista” metido a besta, olhou pra mim tentando contar uma piada misógina. Ele me perguntou assim: “Qual a parte da vagina da mulher que não serve pra nada?”: E eu respondi: “nenhuma, todas servem pra alguma coisa”.
E ele “ah vá, dá um chute, tenta qualquer resposta, só pela piada, é ENGRAÇADA” e tal… e ficou uns 15 minutos insistindo, e eu nada….

Não ri da piada, ninguém riu, e algumas meninas que estavam próximas acusaram a piada de machista. Como ele se sentiu desmoralizado por mim ele ficou duas horas infernizando a minha vida… ele ficava “contando” a piada pra todas as mulheres do apartamento, pra tentar fazer elas rirem, e provar q eu era uma chata sem senso de humor e a PIADA dele era super engraçada. Mesmo insistindo na piada (só enquanto eu estava prestando atenção, ele deve ter contado umas 15 vezes) mas ele não conseguiu fazer ninguem rir, pelo menos não que eu tenha visto.

Mas enfim… ele não conseguiu fazer ninguém rir, e no final ele começou a contar a “piada” em inglês pra minha amiga inglesa. Nesta hora eu me irritei. Porque eu não queria que ela passasse por isso, ainda mais estando no Brasil, e na minha casa… Não queria que ela ficasse com essa impressão totalmente machista do Brasil.

Nessa hora eu fiquei muito possessa, então me levantei e mandei ele se fuder (em ingles) já que eles estavam conversando em ingles eu soltei um ‘FUCK YOU’. Levantamos todos e fomos embora, me despedi da dona da casa, que nada tinha a ver com aquilo.

Mas o que me deixou mais chateada mesmo foi que, quando a gente estava indo embora, eu vi o meu namorado falando “desculpa aê qualquer coisa” pro panaca machista que havia me ofendido a noite inteira. Isso cortou meu coração. Pois depois de tudo isso, eu que deveria ter recebido um pedido de desculpas, e não justamente a pessoa que me agrediu e agrediu todas as outras mulheres do recinto.

UM ADENDO: resposta da “piada” era MULHER. A parte “inutil” da vagina é a MULHER.