Se despediu sorrindo e subiu no ônibus dele – 930

930 – Vou relatar aqui algo que aconteceu comigo, e que gostaria que servisse de exemplo pra outros moços.

Eu estava na rodoviária de Belo Horizonte, indo pegar um ônibus pra Conselheiro Lafaiete. Logo no “ponto”de trás tem o ônibus de Lagoa Santa. Meu ônibus chegou mais cedo, e eu perguntei ao motorista (que ainda estava dentro do ônibus) se aquele seria o de 18horas. Ele me confirmou e eu me afastei do ônibus, pra aguardar que ele abrisse as portas para os passageiros. Escutei uma pessoa me chamando pro ônibus de Lagoa Santa. Estranhei. E quando olhei tinha um moço me chamando e o diálogo foi o seguinte:

-Ô moça, vem pra Lagoa Santa, não pega esse de Lafaiete não.

-Não, vou no de Lafaiete. – e sorri, meio sem graça.

-Ah! Vem no de Lagoa Santa. É mais barato, mais perto, tem cachoeira, tem montanha… Você vai gostar.

Eu sorri e respondi mais uma vez que não, que iria no de Lafaiete.

Ele se afastou, e disse:

-Quem sabe numa próxima vez.

Se despediu sorrindo e subiu no ônibus dele.

Eu estou contando isso, pois, mesmo demonstrando um interesse em mim, pela forma que ele falava, e tentando me “convencer” a pegar o outro ônibus, o moço não faltou o respeito comigo hora nenhuma. Ele não me chamou de linda, gatinha, princesa, NADA DISSO. Ele fez uma brincadeira saudável, e soube a hora de parar. Não ficou fazendo perguntas, não ficou me incomodando. MEU SONHO é que todos que quisessem demonstrar certo interesse, fizessem como esse moço.