“Seu cachorrinho tem telefone?” – 1841

1841 – Eram umas cinco horas da tarde, fui passear com o meu cachorro pela rua para depois ir ao supermercado que fica em frente ao meu prédio. Tava de chinelo, short e camiseta, e ainda assim, quando eu terminei de amarrar a coleira do meu cachorro na grade da porta e estava já quase que dentro do supermercado, saíram dois carregadores para levar alguma coisa para fora e um deles falou “seu cachorrinho tem telefone?” E saiu rindo. Eu parei, dei meia volta e falei para ele, de costas, “repete”, ele ignorou, fiquei com mais raiva ainda e quase que berrei na porta “tem sim ou, sua mãe tá no cio?”. Foi a primeira vez que eu falei algo e ver o olhar de assustado do imbecil e todas as pessoas que ouviram rindo dele foi muito bom, meio que recompensador. Essa página me inspirou a responder coisas desse tipo e piores, e a partir de agora vou tentar dar uma resposta mal educada sempre.