tinha doze anos, um senhor passou e pegou no meu peito – 985

985 – Não foi bem uma cantada: quando eu tinha uns doze anos desci para comprar chocolates na padaria perto de casa (morava em Brasília). Quando ia, passou do meu lado um senhor que pegou no me peito e depois continuou andando. Não fiz nada, nunca contei isso para ninguém, mas me lembro de tudo, muito bem, até hoje, mais de vinte anos depois.