TO MUITO FELIZ QUERO CONTAR O QUE ACONTECEU – 1132

TO MUITO FELIZ QUERO CONTAR O QUE ACONTECEU

Então, eu sou dessas que responde cantada na rua com um singelo: “VOU CORTAR SUA PICA”. O caminho que eu faço pro trabalho é sempre o mesmo. E desde sempre tem esse cara, que fica me olhando, falando absurdos. SEMPRE. Ele anda olhando pra trás e balbuciando coisas tipo: “No dia que eu te comer cê num vai querer saber de outra coisa”. Enfim… um horror. Mas eu nunca respondi, porque eu moro perto de uma comunidade, ele conhece todo mundo e ainda por cima eu acho que fuma crack. E como eu chego tarde do trabalho, fico vulneravel.

Aí um dia eu tava PUTASSA com tudo, esse cara tava trabalhando numa obra, eu desci e COMO DE COSTUME ele falou merda. Eu respondi. Parei, olhei pra trás e xinguei como nunca. Disse que ia cortar a pica dele, pra ele tomar cuidado com quem tava mexendo, que eu ia chamar a polícia e queimar o filme dele na comunidade toda e pra ele ficar esperto porque um dia eu ia pegar uma arma e pipocar a cara dele. (SIM, FALEI). E depois ainda falei com o dono da casa pra ele avisar pra esse cara que I WAS TROUBLE.

Aí hoje, eu tava esperando meu busão, sentadinha… QUANDO OLHO LÁ EMBAIXO QUEM VEM SUBINDO O MORRO? O BONITÃO. Foi a primeira vez que eu vi ele depois do episódio. Já tirei meu desodorante spray da bolsa (que descobri que funciona super. Faz arder e tampa a garganta) e fiquei só esperando. Ele veio chegando, OLHOU PRA MIM E ADIVINHEM1/!!?!??!?!

SIM. ABAIXOU A CARA, ACELEROU O PASSO E EU GRITEI: “NUM OLHA PRA TRÁS NÃO. CORRE MESMO”

E?!?!?!!?!? O CARA CORREU.

gente.