um carro vai parando do meu lado e insiste em oferecer carona – 1083

1083 – Eu voltando toda feliz do salâo hoje com meu cabelo arrumado e, como é perto da minha casa, poucos minutos a pé, sempre vou andando. Vou ouvindo uma musica baixa, pois é movimentado e muitas ruas pra atravessar sendo que sou desatenta e tenho que ouvir melhor os carros. Pois bem, cronometrei o tempo, deu pra ouvir duas musicas de três minutos e poucos – sete minutos até em casa. NESSES SETE MINUTOS FUI ASSEDIADA POR TRÊS CARAS A PÉ, e um numa van parada no trânsito. Até ai tudo bem ne? Super normal assustar mulheres assim na rua…

Então, quando entro em uma rua mais calma, um carro vai parando do meu lado e insiste em oferecer carona. EU GELEI, e se fosse um estuprador? alguem perigoso? Mandei ele sair e ele foi. DOIS minutos depois OUTRO carro pára do meu lado e oferece carona. Já com raiva tirei minha chave do bolso e disse, “Você tem um carro, eu uma chave que pode ARRANHÁ-LO! Voce vai embora agora ou vou ter que falar algo mais?” O cara assustado meteu o pe no acelerador. Cheguei em casa revoltada e pensando que tem pessoas, inclusive mulheres, que ainda acham ”cantadas na rua” normais!  Eu tenho nojo, medo e considero pessoas que fazem isso extremamente repugnantes! Eu adoro elogios, mas de pessoas educadas e que já me conheçam, não de estranhos na rua perguntando se meu pelos são vermelhos lá em baixo também.