um estranho no estacionamento ficou me observando – 971

971 – Certa noite, uns meses atrás, fui correr na pista de um parque depois de sair do trabalho e antes de ir para a faculdade.

Como os banheiros e vestiários são muito sujos, preferi me trocar dentro do carro depois do treino. Quando cheguei ao estacionamento, havia um homem encostado no meu carro falando no celular. Pedi licença e entrei. Olhei em volta, não o vi e achei que ele não estava mais lá. Também não havia mais ninguém à vista no local. Sequei o corpo, troquei sutiã, camiseta e calça e, quando olhei pela janela, ele estava apoiado no carro ao lado, com a cara na minha janela (que tem película escura, à noite só é possível ver o interior do carro olhando bem de perto).

Imediatamente tranquei as portas por dentro e relatei o ocorrido por mensagem para o meu namorado, que me orientou a procurar a segurança do parque. O estranho percebeu que eu vi o que ele estava fazendo e que não gostei nem um pouco. Enquanto arrumava minhas coisas na mochila, percebi que ele continuava olhando, mas de forma mais disfarçada. Infelizmente, o lugar estava em reforma e não consegui ver nenhum guarda na guarita da entrada.

Fui embora transtornada, sem entender como alguém se dá o direito de invadir a privacidade de outra pessoa assim.