um homem de bicicleta passou fazendo gemidos – 1025

1025 – Moro em uma cidade pequena no interior de São Paulo e desde meus 14 anos (hoje tenho 16) costumo ir da minha casa caminhando sozinha para outros lugares, sempre tive consciência de que isso era sim perigoso mas não iria deixar de sair de casa sozinha por isso, nada muito sério aconteceu comigo além de “cantadas” nojentas. Um dia pela manhã estava caminhando com minha mãe e diferente de todas as vezes em que saí sozinha, eu me senti mais segura com ela e achei que estaria imune às cantadas.

Mas eu estava errada, um homem andando de bicicleta passou por nós fazendo gemidos. Minha mãe e eu ficamos sem reação, foi constrangedor. Sempre que conversei com minha mãe sobre esse assédio que acontece com qualquer mulher, não importando a idade ou o que vestem, ela sempre me disse para não responder a isso mas não posso mais ficar calada diante de tamanha humilhação.