Um homem estava se esfregando na minha amiga no netrô – 856

856 – “Estava com uma amiga no metrô e um homem estava se esfregando tanto nela, aproveitando que o vagão estava cheio, que ela indignada virou para ele e gritou enquanto colocava a mão na vagina: “Esfrega aqui, porra! Que atrás eu não sinto nada. Quer comer cu, procura um viado que goste, seu tarado!” O homem ficou sem graça, deu um risinho amarelo e desceu na estação seguinte. Alguns passageiros o chamaram de tarado e safado. Mas ouvimos uns rapazes em tom de gozação falando que o cara deveria ter feito o que ela pediu. É CLARO que ela não queria aquilo, mas foi o jeito dela se defender e dá um basta nessa situação. Sempre que eu pegava ônibus ou vagão cheio eu andava com os cotovelos para trás, para que os homens não pudessem se aproximar o bastante de mim para se esfregar, embora eu já tenha levado umas ‘encoxadas’.”